O mundo do vovô Jiji era sombrio e muito triste. Com 94 anos de idade, sua saúde estava em declínio e a família não via um sorriso em seu rosto há muito tempo. Um dia, um gatinho laranja entrou em seu mundo e transformou sua vida por completo!

Vovô Jiji nunca faltou a um dia de trabalho por 64 anos até que em 2009, ele de repente adoeceu e foi enviado para o hospital. O médico disse que Jiji estava doente. O idoso perdeu seu interesse pela vida e tornou-se mal humorado e rabugento.

Foi nessa época que sua neta resolveu trazer o gato Kinako para casa. O pequeno felino conseguiu sentir a tristeza do vovô e ofereceu alguns ronrons e aconchegos. Foi então que ele trouxe o Sol de volta à vida de Jiji.

O gato Kinako era bastante tímido quando chegou pela primeira vez na casa da família, mas de alguma forma que ninguém conseguiu explicar, ele adotou o vovô e o seguia por todos os cantos. Uma amizade extraordinária cresceu gradualmente entre os dois. Quem pensaria que um gatinho tímido seria amigo de um idoso mal-humorado??

O gatinho ruivinho adora brincar com o vovô e isso o faz muito feliz! Eles são muito companheiros!

Toda vez que o vovô Jiji faz uma pausa para tirar o seu cochilo habitual, Kinako se aconchega sobre ele e fica ronronando durante todo o tempo…

Kinako se tornou o anjo da guarda do vovô, observando-o em tudo o que ele faz. A linda amizade entre o senhor de 94 anos e um gatinho ruivo tem sido documentada através das lentes de Akiko DuPoint, neta do vovô Jiji.

Vovô e gatinho estão sempre juntos…

O vínculo que eles compartilham é realmente surpreendente…

 

Estamos verdadeiramente emocionados com essa história! Vida longa ao vovô Jiji e ao gato Kinako! 🙂

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...