Você sabia que os gatos, assim como os humanos, também podem desenvolver caspa? Se o seu bichano está apresentando sinais desse transtorno, antes de tudo, é importante identificar as causas.

Quando um gato está se coçando demasiadamente, verifique se ele apresenta manchas esbranquiçadas em sua pele.

Embora a caspa seja mais facilmente identificada nos gatos de pelo escuro, é preciso dedicar mais atenção aos gatos de pelagem clara.

Não hesite em ler esse artigo. Esse é um problema que pode surgir a qualquer momento na vida de um gatinho, mesmo naqueles que são bem tratados e não possuem acesso à rua.

Pele ressecada

Quando um bichinho não se hidrata corretamente, seja através de água ou alimentação, é muito provável que a sua pele fique ressecada e consequentemente, comece a descamar. Dieta pobre em gordura também provoca ressecamento de pele nos felinos. Mas não estamos falando de qualquer gordura, mas daquela que traz benefícios ao organismo, as chamadas gorduras boas que oferecem ácidos graxos e ômega 3. Se você acha que o seu gato está com deficiência nutricional, apenas um veterinário poderá indicar algum suplemento após uma consulta.

Sobrepeso

A obesidade também é um outro fator que desencadeia a caspa nos gatos. Seu o seu gatinho está acima do peso, você deve observar a base da cauda e a parte inferior das costas. Você deve estar se perguntando porque deve olhar essas partes. É muito simples. Já que ele é gordinho, não consegue limpar corretamente essas áreas.

Ajude-o a limpar essas zonas com o auxílio de um pano ou toalha úmidos e esteja comprometido em fazer com que seu gato emagreça, assim, ele terá melhor qualidade de vida.

Ácaros

Existem espécies de ácaros chamados Cheyletiella, vulgarmente conhecidos como “caspa andante”. Nesse caso, você deve ter cuidado, já que é contagiosa. Por isso, recomendamos que leve seu gato ao veterinário para que seja receitado um shampoo, spray ou loção para remover esses ácaros.

Como tratar a caspa de seu gato?

O primeiro cuidado que você deve ter é simples: evite dar banhos em seu bichano! Nesses casos, o banho não é favorável. E nunca aplique shampoo anti caspa de humanos em gatos, porque isso poderia provocar uma reação alérgica terrível!

O melhor que você pode fazer é pentear cuidadosamente os pelos do seu gato, pois através disso a pele morta vai sendo eliminada. Intensifique a sua hidratação através de alimentos úmidos e maior oferta de água fresca e limpa em certos pontos da casa. Dessa maneira, você estará cuidando para que a pele do gato volte a ficar saudável e hidratada.

Introduza o atum na dieta de seu gato. Você pode acrescentar uma colher à ração de seu animal todos os dias, proporcionando, assim, mais gordura à pele de seu gato. Mas não pode ser qualquer atum!!! Se for comprar daqueles enlatados, escolha a opção natural, sem óleo e temperos.

Se o excesso de peso for a causa da caspa em seu gato, leve-o ao veterinário para que seja receitada uma dieta específica para eleAlém de ficar livre da caspa, seu gato ficará mais saudável.

O melhor é prevenir

O velho ditado diz que “é melhor prevenir do que remediar”, por que faríamos o contrário? Por essa razão vamos fornecer algumas dicas para você cuidar ainda mais do do pelo do seu bichano e de quebra, prevenir o surgimento da caspa. Vamos lá?

Penteie seu animal diariamente. Isso fará com que as células mortas sejam eliminadas juntamente com os pelos soltos do seu gato.

Ofereça alimentação balanceada, rica em ômega 3. Em alguns casos, uma suplementação vitamínica se faz necessária, mas nunca faça isto sem a orientação do médico veterinário.

Não deixe seu gatinho levar uma vida sedentária, estimule-o a fazer exercícios físicos através de brincadeiras. Assim, além das vantagens da atividade física, o vínculo entre vocês será reforçado e seu gato será um animal mais feliz.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...