Devido a pandemia, fiquei realmente muito preocupada com meus amigos pets de rua e levantei alguns questionamentos, como: quem iria alimentá-los? Quais as chances de conseguirem ser adotados nesse momento de crise? Por sorte, existem muitos humanos com o coração bom que continuaram a cuidar deles, além de que, muitos conseguiram compartilhar dessa informação nas redes sociais.

Entretanto, ainda ressalto da importância de levar um pouco de ração na bolsa, caso alguém precise sair de casa. Agora, algo que me impressionou foi que em Nova York (EUA), um dos lugares com muitas vítimas do coronavírus, os humanos adotaram todos os pets dos abrigos.

A cidade de Nova York já está com quase 18 mil casos confirmados. Medidas drásticas tiveram que ser implementadas para conter o avanço da pandemia, ruas, parque, museus e teatros estão desertos. Mesmo assim, os humanos conseguiram adotar todos os pets das ONGs Muddy Paws Rescue e Best Friends Animal Society, nas duas últimas duas semanas.

— No momento, nós definitivamente não temos nenhum cachorro sobrando para adoção — contou Anna Lai, diretora de Marketing da Muddy Paws. — O que é um problema ótimo para se ter.

Espero que isso se repita pelo Brasil.

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...