A cena é clássica: você tem gatos e está recebendo visitas em casa. De quem o gato se aproxima mesmo? Exatamente daquela visita que não gosta de gatos.

Mas por que será que os bichanos sempre fazem isso? Será algum tipo de radar ou retaliação? Não se preocupe porque não é nada disso…

A explicação para esse comportamento felino faz até muito sentido: o seu gato se aproxima dos visitantes que não gostam dos gatos ou os que são alérgicos, justamente porque essas pessoas, em sua maioria, não fazem absolutamente nenhuma tentativa de interação. 

São pessoas que evitam contato direto com os olhos e quaisquer aproximação com gatos. Paradoxalmente, são esses tipos de humanos que fazem os gatos se aproximar.

Os gatos são territoriais e do ponto de vista deles, sua casa é o seu território. Por isso, todo convidado  é visto como uma suspeita, afinal, são pessoas que possuem um cheiro desconhecido. Mas aquele convidado que imediatamente se aproxima do gato, não dando o tempo necessário para o gato se achegar e reconhecer o cheiro, acaba assustando o bichinho , fazendo-o recuar.

Já o convidado que ignora o gato, paradoxalmente, dá toda a liberdade que ele precisa para cheirá-lo sem pressa. O bichano realmente se sente menos ameaçado porque ele não precisa se preocupar em ser abordado ou encurralado.

Se você sabe que o seu gato é um pouco mais desconfiado em relação à pessoas que ele não conhece, comunique os seus convidados previamente, para que o momento da visita não seja desconfortável para ambas as partes.

Agora, com os convidados em sua casa, é importante deixar o gato livre para escolher se quer ou não se aproximar das pessoas. Se ele se sentir à vontade, ele vai se achegar ao poucos. Quando isso acontecer, peça ao convidado para estender o dedo indicador para que o gatinho cheire. Este é o equivalente ao cheiro nariz a nariz, a forma de saudação que os gatos fazem um com o outro. 

Então, se o seu gato cheirar o dedo indicador do visitante e decidir que ele gostaria de ser acariciado, ele provavelmente se esfregará no convidado. Agora, se o gato não quiser uma interação adicional, se afastará. Apenas certifique-se de que seu gato sempre terá a opção de se socializar ou não.

O importante é respeitarmos sempre a personalidade e o tempo dos nossos gatinhos, não forçando-os a terem contato com as visitas. Acelerar esse processo poderá mais cedo ou mais tarde, traumatizá-los.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...