Ser um cão policial realmente não é para qualquer um. É necessário, entre outras coisas, correr atrás de bandidos e farejar objetos suspeitos. Mas nem todos os cachorros estão preparados para isso. O cãozinho Gavel, por exemplo, foi expulso da polícia da cidade de Brisbane, em Queensland, na Austrália, por ser dócil demais para o cargo que ocupava.

Ele chegou na corporação em Abril do ano passado com apenas seis semanas de vida. Entretanto, ao longo do treinamento, que durou 12 meses, ele se mostrava bastante carinhoso e brincalhão. Em vez de corresponder aos comandos, preferia mostrar a barriguinha  e rolar no chão. De uma turma de 40 cães, Gavel foi único reprovado.

“Ele não tinha a aptidão necessária para a vida na linha de frente. Gavel provou ser muito sociável”, disse um porta-voz do governo em entrevista reproduzida pelo site do jornal “Mirror”.

Mas não pense que o cãozinho foi esquecido, muito ao contrário! Com toda a simpatia que ele tem de sobra, acabou sendo transferido para a sede do governo de Queensland, na capital Brisbane, onde também tem sido ‘convidado’ a participar de entrevistas coletivas com o governador local, Paul de Jersey. Confira algumas fotos a seguir:

 

Muito fofo, não é? 🙂

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...