Apesar de nós gatos sermos bastante resistentes e ágeis, infelizmente não vivemos tantos anos quanto um humano. O momento da despedida de qualquer um que amamos é muito triste e os animais de estimação costumam ser os primeiros a dar adeus nas famílias. Não foi muito diferente com o gato Bailey, o bichano dessa história que partiu meu coração. O felino estava na família há 14 anos, dentre os quais 7 foram dedicados a amizade com a primogênita da família, a menina Abby.

Segundo fontes, o pet foi adotado 7 anos antes da menina nascer, logo ela viveu toda sua vida ao lado de seu amigo. É aquilo, quando crescem juntos o laço costuma ser ainda mais forte. Sendo que Bailey foi adotado pela mãe da menina quando ela ainda estava na faculdade. Nessa época, a mãe tentou manter o bichano em seu dormitório, mas a administração da Universidade proibiu, fazendo com que ela deixasse o animal com os pais nos períodos aula.

Sete anos após a adoção do gatinho, nasceu a jovem Abby e pouco depois suas irmãzinhas. Tornando-se grandes amigas do animal. As fotos mostram uma família muito feliz com seu pet.


Quando já se encontrava bastante idoso, com seus 14 anos e a menina com 7 foi o momento da despedida mais bonita que já vi. Percebendo que o gato não iria viver por muito tempo, a família se dedicou a passar suas últimas horas de vida ao seu lado. A menininha, por sua vez, pôs o bichano em seu colo e começou a cantar “You are my Sunshine”, o bichinho ficou por volta de 3 horas em seu colo, junto do restante da família. Bailey partiu ouvindo a voz de sua amiga.

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...