Infelizmente, alguns humanos consideram nós gatos um pouco indiferentes as suas vidas. Como se fossemos completamente alheios a realidade deles, o que não é verdade. Somos muito amorosos e preocupados com as questões deles. Eu, por exemplo, ajudei minha humana a decorar o sofá, reparei que ela usava calças rasgadas e resolvi imitar. Ela gritou de alegria com o resultado, aquilo sim era felicidade. Me senti até mais próxima do céu dos gatos.

Mas o que me surpreendeu foi o que aconteceu na última segunda-feira em Bangu, no Rio de Janeiro. Severino, o gato da vez, percebeu que seu humano não saia mais de casa na parte da manhã e voltava a noite, como de costume. Além disso, sua ração não tinha a mesma qualidade de antes e ele nunca mais havia ganhado um sachê. Alguma coisa estava errada.

Foi aí que o bichano decidiu tomar uma atitude, e resolveu que ele mesmo ia acordar o humano para sair de casa pela manhã.

E, parece que foi por coincidência que naquele dia, Bruno de 36 anos, o humano de Severino, tinha uma entrevista de emprego. Desacostumado a acordar cedo ele ia perder a hora, pois seu celular havia descarregado a bateria. Mas, para sua sorte seu gato lhe acordou no momento certo para salvar seu dia, ou melhor dizendo sua entrevista.

Parece que por ter sido um dos primeiros a chegar, acabou impressionando os patrões e garantindo o emprego. Severino, agora segue acordando seu humano todos os dias, e Bruno é super elogiado no trabalho por sua “pontualidade”

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...