Uma história triste porém com final feliz. Em São Paulo, um gatinho foi resgatado após denúncias de maus tratos chegarem aos socorristas do Grupo Amor pelos Animais, com sede na cidade de Itu, SP. 

Quando os socorristas chegaram ao local, constaram que a denúncia era de fato de verdadeira: o felino vivia acorrentado há mais de oito meses pela família que se dizia responsável por ele. Os supostos tutores alegaram que o gato permanecia acorrentado para que não fugisse da residência.

Mesmo após serem comunicados que manter animais permanentemente acorrentados é um ato que pode ser interpretado como crime de maus-tratos, ainda assim, a família não se prontificou a mudar o modo de criação do bichinho. Por esta razão, o gato foi levado da residência pelos resgatadores. Para nossa felicidade, o gatinho já foi adotado e passa bem.

créditos na imagem: Ander Rossi – Grupo Amor pelos Animais 

Esse tema é muito sério e delicado, mas a verdade é que não podemos ficar alheios a essas situações. Animais deixados com frequência sem água, comida e acorrentados a maior parte do tempo, ou o tempo todo são vítimas de maus-tratos. Todo animal deve ter água a vontade, e alimentação adequada.  Se não está sendo alimentado e/ou não tem água à disposição, está caracterizado maus-tratos.

Agora existem algumas particularidades nos casos de animais acorrentados. Se o bichinho estiver preso com uma corrente curta e que não consiga se mexer direito, está caracterizado os maus-tratos.  Agora, se a corrente é longa e o animal consegue se movimentar tranquilamente, é mais difícil de caracterizar a crueldade.

Obviamente nenhum animal pode ficar preso o tempo inteiro, mas existe muita dificuldade em provar que se tão bichinho está preso o tempo todo ou não (a não ser que ele tenha marcas no pescoço).

Por isso, se você for denunciar algum animal que fica preso o tempo inteiro, o aconselhado é que se recolha o maior número de provas possíveis sobre a situação. Fotos e filmagens em horários diferentes podem ajudar, como também o relato de testemunhas.



Adaptado de Pet Em Destaque.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...