Uma das piores coisas que podem acontecer para quem é apaixonado por pets, é ser separado do seu bichinho de estimação, seja pela morte ou por desaparecimento do animal!

Uma família da Califórnia passou por essa experiência de separação do seu gatinho de estimação: depois de um passeio com as crianças, ele desapareceu.

Pilot havia sido adotado quando era apenas um filhotinho e fazia a alegria de todos na casa. Ele foi crescendo com o hábito de sempre passear com as crianças da família como se fosse um cachorro. Mas em 2007 já com seus 3 anos, o pior aconteceu: o amigável Pilot afastou-se demais de modo que acabou se perdendo.

Toda a família ficou devastada com esse episódio e procuraram pelo gato durante meses, em vão. As pessoas acreditaram que ele havia sido atacado por algum coiote, animal bastante comum na região.

Em 2010, a família mudou-se para Longmont, no Colorado, muito longe da Califórnia. Neste ponto, eles pensaram que nunca mais veriam seu gato amado novamente, especialmente após a mudança.

Com o passar dos anos, eles acabaram adotando quatro gatos. Infelizmente, um deles faleceu devido ao câncer e a família novamente sentiu-se devastada. Mas posteriormente, consideraram adotar outro gato.

Em outubro daquele ano, incêndios atingiram o estado onde a família morava fazendo com que inúmeros animais ficassem desabrigados. Com a tragédia, Jenn viu a oportunidade de adotar algum gato resgatado sobrevivente.

Foi quando ela recebeu um telefonema que ela nunca imaginaria após tanto tempo. Pilot, que havia desaparecido há dez anos, foi encontrado nos escombros perto de Santa Rosa por uma mulher que estava procurando por seu próprio gato nos incêndios.

Ele foi encontrado a apenas um quilômetro de distância da antiga casa da família. Ele foi levado para um hospital animal próximo, onde foi escaneado para ver se tinha algum microchip. Por sorte, ele tinha!

 

Essa história é um verdadeiro milagre e vale a pena ser compartilhada! 🙂

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...