Lembra do gatinho arremessado por um manifestante durante os protestos em Brasília na semana passada? Você pode saber mais sobre essa história clicando aqui. Depois desse acontecimento bárbaro, ele foi levado para uma clínica veterinária e passou alguns dias em obervação até receber a bênção de ser adotado!

O animal foi adotado por sua nova família nesta semana e precisará ficar em repouso por quatro meses até estar apto para sofrer a amputação cirúrgica de sua pata dianteira direita. Ele foi adotado por uma empresária de Brasília e recebeu o nome de Hope, que em inglês, significa esperança.

Segundo a veterinária responsável pelos seu caso, Júlia Beutel, a amputação só poderá ser realizada daqui a quatro meses porque o organismo de Hope precisa estar mais amadurecido e em plenas condições para receber a anestesia geral, e assim, recuperar-se do procedimento de forma saudável e sem riscos.

Hope com sua nova dona.

 Gladys e Derek, com Hope nas mãos, juntamente com a veterinária Julia Beutel e a jornalista Sabrina Mancio, a responsável pelo resgate.

Foi divulgado por um canal no YouTube, um vídeo que mostra o momento exato em que o gatinho foi arremessado por um manifestante. É possível ver o animal sendo resgatado do chão por um dos policiais.

Assista ao vídeo a seguir:

Os envolvidos neste ato covarde ainda não foram encontrados, portanto, ninguém foi responsabilizado. O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) ainda trabalha para tentar identificar os culpados. Infelizmente o gatinho irá pagar o preço pela crueldade humana, mas ainda assim, foi agraciado com a oportunidade de crescer seguro e amado no lar de sua nova família.

Fonte: Metrópoles

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Gizeli Estevam

    Infeliz e desgraçado, pq ao invés de arremessar este lindinho inocente, o miserável não se arremessou a si próprio, me revolto completamente com esse tipo de escremento e escória da sociedade! !

  • Marcos Garcia

    O momento em que qualquer tipo de militância e ideologia nos rouba a capacidade de sermos humanos e gentis, é o momento em que a militância e a ideologia mostram suas falhas…