Coréia do Sul. Uma gatinha de rua vagava de um lugar para outro sem rumo, até que numa determinada noite, ela surpreendeu um policial que fazia a ronda da noite com miados desesperados, como se tivesse clamando por ajuda.

Ninguém poderia imaginar o que estava para acontecer neste primeiro encontro. Infelizmente os policiais descobriram que a gata havia tido filhotinhos, porém, eles foram mortos em um acidente de carro enquanto ela assistia a tudo. Depois desse trágico episódio, a gatinha desapareceu por alguns meses, ninguém sabia do seu paradeiro.

Mas então, o inesperado aconteceu! Tudo mudou quando após um longo período sumida, a gatinha resolveu aparecer novamente e tudo aconteceu como no primeiro encontro! Ela se aproximou do local quando os mesmos policiais estavam trabalhando, miando insistentemente, e para surpresa de todos, estava grávida!!

Todos na delegacia se apaixonaram pela gata felpuda e lhe deram o curioso nome de Molang, que significa “Não sei / sabemos”, uma vez que ninguém tinha ideia de onde ela veio ou quantos anos ela tinha quando foi encontrada em frente ao local. Ela ganhou um cantinho super aconchegante e teve o seu parto ali mesmo na delegacia. 

Os policiais estiveram presentes durante o nascimento dos gatinhos e  ajudaram a cortar seu cordão umbilical! Todos os bebês foram acolhidos por eles! Agora, a estação de polícia em Pusan, na Coreia do Sul, é comandada por uma família de gatinhos fofos e bagunceiros! 

Em troca de moradia e alimentação, a família gato trabalha em conjunto com os policiais no posto e os ajudam em seus diversos trabalhos. 

A felina virou a mascote da delegacia. Molang é tão respeitada que até o policial presta continência pare ela!

Agora, a mamãe gata e seus filhotes têm um lar cheio de amor com muitas pessoas com quem podem brincar e conviver a salvo, alimentados e saudáveis. 

 

Essa história é ou não é muito fofa?  🙂

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Niva

    que lindo isso, amei ?