Desde que o coronavírus conseguiu se expandir pelo mundo, a rotina de milhares de humanos foram alteradas. Um verdadeiro caos, que os impede de realizar tarefas simples, como: ir academia, abraçar um amigo e até exercer suas profissões. No entanto, apesar dos pesares, o meio-ambiente parece estar reagindo “bem” ao vírus, pois as águas em Veneza estão ficando cada vez mais limpas e animais estão retornando ao seu habitat natural.

Como ativista que sou, não posso ignorar pautas tão importante como essas, principalmente as da causa animal.  Um fato interessante foi que a proibição de aglomerações possibilitou a suspensão das touradas no mês de março na Espanha. Então, Espanha, de Madri a Valência, de Castellón a Murcia e Arnedo não realizaram os eventos programados. Ou seja, 121 touros estarão sendo poupados.

Entretanto, com medo das possíveis perdas que tal cancelamento causará, empresários, criadores e toureiros começaram a reagir exigindo ações do ministro da cultura. Foi quando a Fundação Toro de Lídia solicitou o ministro da cultura José Manuel Rodríguez Uribe, uma reunião de emergência: “para poder estudar o quanto antes a possibilidade de lançar planos de emergência, recuperação e apoio à indústria”.

Os ativistas dos direitos dos animais, por sua vez, não ficaram inertes e também fizeram sua parte. Assim, fizeram uma petição para pôr fim de uma vez ao abuso de animais. Sendo o pedido enviado para o ministro Rodríguez também: “não aloque um euro de recursos públicos para ajudar financeiramente o setor de touradas”.

Infelizmente, foi devido as ações de um vírus que os animais e o meio-ambiente puderam respirar melhor. Mas, espero que os humanos encontrem logo uma solução para esse problema e assim, quem sabe, reflitam mais sobre seu impacto no planeta.

Também é possível que outros humanos assinem a petição para o fim das touradas. Assine aqui

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Fonte: Pensar Contemporâneo

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...