plantasVocê se lembra daquele velho ditado que a vovó dizia: A curiosidade matou o gato, certo? Então, nesse post, você vai entender porque. Como boa amante dos seres vivos, eu amo animais e amo plantas. Mas quando decidi ter gatos dentro de casa, tive que abrir mão de alguns tipos de plantas para não acabar causando uma tragédia. A dor foi grande, mas menor do que a de causar algum mal aos meus felinos. Nós, mães e pais de gatos, mais do que ninguém sabemos como essas criaturinhas são curiosas. Basta um objeto novo na sala que ele já vai lá tentar interagir e descobrir do que se trata. Com as plantas então, nem se fala. Muitas acabam se tornando seus brinquedos favoritos simplesmente porque balançam com o vento ou com o toque das patinhas deles. Então, é super importante que saibamos os tipos de plantas que deixamos ao alcance deles, pois existem muitos tipos de plantas, muito comuns em casas e apartamentos, que são uma verdadeira ameaça para a saúde dos nossos bebês. Muitas delas causam intoxicação quando ingeridas, e algumas delas, como o lírio e a comigo-ninguém-pode, podem matar em até 24 horas. Os sintomas para um gato intoxicado podem incluir:

  • Transtornos digestivos – vômito, diarreia, sangramentos da mucosa, náusea, salivação e úlceras.
  • Sinais neurológicos – alterações do estado de consciência, tremores, salivação, dilatação de pupila, dificuldades de locomoção e convulsões.
  • Além de alterações respiratórias, alterações cardíacas e circulatórias e reações alérgicas cutâneas.

Por isso, é importante que, assim que perceber que seu gato ingeriu alguma dessas plantas, correr para o veterinário! Já que, dependendo da planta, não é recomendado nem fazê-lo vomitar, já que algumas plantas são irritantes e cáusticas na mucosa oral e no esôfago, o que pode agravar ainda mais a situação. Então, o que você precisa fazer é:

  • Lavar imediatamente a boca do animal com bastante água.
  • Não dê nenhum alimento para ele, principalmente leite.
  • Leve-o imediatamente para o veterinário para que seja realizada uma lavagem gástrica.

 

Ainda na lista de plantas tóxicas, temos: Aloé vera, Amor-perfeito, Azevinho, Campainha, Castanheiro-da-Índia,Ciclame, Clematis, Dedaleira, Dieffenbachia, Estrelízia, Feto, Filodendro, Hidrângea, Íris, Jacinto, marijuana, Palmeira cica, Narcisos, Oleandro, Planta da borracha, Planta do milho, Rododendro, Teixo, Tomateiro. Então, que tal ir agora mesmo checar os tipos de plantas que seus felinos têm acesso? A solução é simples: é só colocá-las no alto ou em locais em que eles não cheguem perto. Vale o sacrifício, vai? 😉

 

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...