Você sabia que existe uma raça cujos gatinhos são conhecidos como gato-lobisomem? Os primeiro exemplares surgiram há mais de 20 anos, mas a raça, denominada Lykois, foi catalogada somente em 2014 pela Associação Internacional de Gatos, em 2014.

O termo Lykoi vem da palavra grega “lykos”, que significa lobo. Se vocês não sabem, a figura do lobisomem também te sua origem na mitologia grega.

A principal característica da raça dos gatos-lobisomem é a ausência de pelos na face e extremidades do corpo. Essa aparência é resultado de uma mutação natural que originou a raça. Tudo começou quando o veterinário Johnny Globbe que percebeu uma característica incomum em uma ninhada gatinhos que nasceram em 2010.

Com ajuda de pesquisadores, a partir de exames de DNA, eles chegaram à conclusão que os bichinhos não eram da raça Devon Rex, nem da Sphynx (pelado canadense), as mais aproximadas dos Lykoi.

Após uma investigação minuciosa dos gatinhos incomuns, s pesquisadores descobriram que o segredo dos gatos-lobisomens estava nos folículos: em alguns gatinhos, os folículos não produziam pêlos ou não conseguiam mantê-los, por isso, os gatos Lykois não possuem a segunda camada de pelos e alguns perdem os fios a ponto de ficarem quase carecas.

Felizmente, essa mutação genética não provoca riscos de saúde nos felinos que a possuem, bem como em outros gatos. Com isso, Jonny Globbe e sua esposa  começaram a criar os gatos Lykoi, tendo a primeira ninhada após um ano depois a raça se estabeleceu. 

Assista ao vídeo de um exemplar Lykoi:

 

O que você achou desses gatinhos? 🙂

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...