Faz parte do senso comum a crença de que os gatos ainda guardam um pequenino desprezo pelos humanos. Com certeza, eles fingem gostar de seus donos, esfregando suas pernas e ronronando até oferecerem a tigela de comida. Mas assim que a hora da refeição chega ao fim, eles retornam ao modo normal – viram as costas para o humano e vão embora sem olhar para trás.

Mas e se todos nós estivermos equivocados a esse respeito? Se os gatos pudessem escolher entre a companhia humana, brinquedos, alimentos e aromas atraentes, o que eles escolheriam afinal? Isso é exatamente o que três pesquisadores descobriram, e eles têm os gráficos e os números para provar isso!!!

Pesquisadores da Oregon State University realizaram um estudo, onde ofereceram a 38 gatos a opção de escolher entre comida, brinquedo, cheiro interessante (catnip, gerbil) e a atenção de um ser humano. Os resultados são surpreendentes!

 Science Direct 

Dezenove gatos escolheram a companhia humana em primeiro lugar. Outros catorze gatos preferiram comida. Quatro deles foram em direção aos brinquedos e apenas um gatinho ficou interessado com os cheiros de catnip e gerbils*. Veja o gráfico retirado da pesquisa:

 Science Direct 

 

Então, a partir desse estudo, conclui-se que os gatos não são arrogantes e antissociais. Eles são meigos e muito carinhosos. Eles amam seus donos por quem eles são, e não apenas pelas suas habilidades de abrirem latas de atum.

 

*Gerbil: ou rato-do-deserto é a denominação vulgar atribuída a aproximadamente 110 diferentes espécies de pequenos roedores da subfamília Gerbillinae. São espécies africanas, indianas e asiáticas. Fonte: Wikipédia.

 

Traduzido  e adaptado de The New Yor Times

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...