A cistite idiopática é uma inflamação bastante comum entre humanos, sobretudo mulheres, mas você sabia que os gatos também podem acabar desenvolvendo esse processo inflamatório?

Alguns gatos possuem predisposição genética para a doença, mas nos casos em que esse aspecto genético é desconsiderado, constata-se que é uma combinação de fatores ambientais que contribuem para o surgimento da inflamação, ou seja, o estilo de vida que você proporciona ao seu gato pode ou não favorecer o surgimento da cistite.

Estudos indicam que gatos de raça pura, obesos e expostos à situações de estresse estão mais vulneráveis à cistite, e gatos com idade entre dois e seis anos são maioria entre os que desenvolvem a doença. Gatos que se alimentam exclusivamente de ração seca e/ou que não possuem a caixinha de areia sempre limpa e bem localizada, acabam vulneráveis à inflamação. Estresse e ansiedade de separação também provocam a cistite.

É importante estar atento aos sinais do seu gato para identificar os sintomas da cistite:

  • dor ao urinar, podendo vocalizar ou não
  • periúria – urina em local inapropriado
  • gotejamento em urinar
  • sangue na urina
  • falha de pelos na barriga, por excesso de lambedura devido à dor

Existem outras doenças que estão relacionadas a esses sintomas: cálculo na uretra, cálculo na bexiga, má formação anatômica e até mesmo tumores. Por isso, se você perceber que o seu gatinho está apresentando um ou mais sinais, leve-o imediatamente ao veterinário para um diagnóstico correto.

A cistite idiopática pode se curar sozinha, mas geralmente, são prescritos analgésicos e anti-inflamatórios de acordo com o caso. Não trate seu gato com medicamentos para cistite em humanos, eles são altamente tóxicos para os gatos! Nunca medique o seu bichano sem orientação do médico veterinário!

A principal forma de prevenção da cistite idiopática é promover qualidade de vida ao seu gato. Manter a caixa de areia sempre limpa e em local reservado é imprescindível, além de disponibilizar o acesso a água fresca e em abundância. Gatos mais hidratados são mais saudáveis e menos propensos a problemas renais.

Assista ao vídeo e veja como gatos adoram beber água corrente!

Estudos comprovam que água corrente é preferência entre os felinos. Por isso, as fontes elétricas são ideais para fazer o seu gato beber mais, porque promovem a circulação da água no reservatório, fazendo-a ficar sempre fresquinha. Você pode conhecer diferentes tipos de fontes elétricas disponíveis na Loja Cat Club clicando aqui.

Esse artigo não substitui uma consulta com o médico veterinário.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...