Pets estão sozinhos em suas casas a quase duas semanas sem poder receber comida e água dos seus tutores. Medidas tomadas pelas autoridades geraram esse efeito colateral que esta mobilizando entidades e ativistas defensores dos animais em todo o mundo.

Muitos moradores viajavam no feriado chinês, mas a epidemia eclodiu e nesse meio tempo a cidade foi isolada, ninguém pode ultrapassar os limites de segurança impostos pela vigilância epidemiológica.  

Pelas redes sociais, moradores pedem a colaboração de vizinhos ou qualquer pessoa que esteja na região. “Por favor, ajude a alimentar meu gato!”, escreveu um usuário no Weibo.

Uma hashtag foi criada para reunir ‘exilados’ e voluntários dispostos a cuidar dos pets: “Salve os Animais de Estimação deixados em Wuhan”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou em sua conta que “não há evidências de que cães, gatos ou outros animais de estimação possam adquirir o novo coronavírus”.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...