Asa Branca, famoso locutor de rodeios, morreu aos 57 anos nesta terça-feira (4), no Instituto do Câncer, na Zona Oeste de São Paulo em decorrência de um câncer. Ele lutava contra a doença desde 2017. O corpo será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo e o sepultamento será em Turiuba, no interior de São Paulo, cidade natal do locutor. 

No final de sua vida o locutor denunciou todas as maldades que fazem contra os animais nesses eventos, ele teria chamado a ativista dos direitos animais Luisa Mell  pessoalmente por intermédio da revista Veja e do jornalista João Batista, para conceder a entrevista do vídeo a baixo. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Luisa mell (@luisamell) em

Asa achava que todo o sofrimento que estava passando era uma punição pelo que ele fez para os animais. Antes de morrer teve a coragem de denunciar as crueldades q fazem com os animais por causa do dinheiro! Asa Branca, antes de sua morte, preferiu abrir mão de morrer como herói do rodeio para morrer com dignidade e assumir a verdade.  – Contou Luisa Mell em sua conta do instagram.  

Compartilhamos da opinião da Luísa e somos totalmente a favor do fim dessa crueldade, nossa sociedade precisa evoluir moralmente, e acabar com os rodeios seria uma belo passo.

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...