Desde que os casos de vítimas novo coronavírus aumentaram no mundo, poucas pessoas têm procurado abrigos para adoção de pets. Inclusive, animais de ruas estão sofrendo com a falta de cuidadores para alimentá-los, o governo não parece estar tomando atitudes em relação a questão animal.

Os abrigos, por sua vez, aparentam estar cada vez mais lotados. Mas o que me chamou a atenção foi o caso do bichano James, do Brookyn no EUA. O felino estava na fila de adoção do abrigo “Our pets”, tinha, inclusive, algumas propostas de humanos bastante interessados. No entanto, o mês de março foi bastante sofrível e com as medidas de segurança, poucas pessoas estão circulando nas ruas, ou visitando abrigos.

James, que já estava ansioso com a ideia de um lar permanente começou a ficar depressivo. Já não queria mais brincar com os outros felinos do abrigo e nem a se alimentar direito. Foi então que, os funcionários do abrigo tiveram uma ideia que poderia fazer humanos se interessar por adoção novamente. Mudaram o nome do bichinho para Alquingel.

Recomeçaram a campanha de adoção no Twitter. Foi um sucesso, em menos de 24 horas, o bichinho já tinha mais de mil candidatos e 3 mil compartilhamentos. Finalmente, o gato conseguiu ser adotado e ainda, com as devida medidas de segurança.

Realmente, uma ótima ideia de conseguir chamar a atenção dos humanos. Também quero lembrar que, animais de estimação não transmitem o COVID-19. Então, peço para aqueles que puderem, quando forem fazer as comprar de emergências, tentar levar um pouco de ração na bolsa para os animais de rua. Quem sabe assim, eles também tenham uma chance de sobreviver nessa pandemia.

Aurocat, líder suprema da dominação mundial felina.
Venha visitar nossa loja online e nos ajude a financiar nossa conquista.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...