Todo mundo em certos momentos da vida passa por situações de estresse, e isso não é diferente com os animais. A parte triste disso tudo é que a ansiedade e o medo associados ao estresse afetam os bichos tanto quanto nos afeta.

Os gatos, por exemplo, são tão reservados sobre aos seus sentimentos, que muitas vezes os donos não percebem o que se passa com eles. Por isso é muito importante desenvolvermos um olhar mais vigilante aos sinais emitidos por nossos peludinhos.

Infelizmente, o estresse em algum animal pode indicar problemas de saúde. Por essa razão, precisamos estar atentos às suas atitudes, principalmente quando o gato passa a adotar um comportamento repentino.

Listamos aqui, 09 sinais que podem indicar estresse nos gatos:


1. Urinando fora da caixa de lixo

Quando os gatos estão urinando fora da caixa de areia, eles estão tentando nos dizer algo. Você deve consultar seu veterinário para descobrir o que é.

2. Diarréia, constipação ou outra questão digestiva

Esta é também outra situação desconfortável que os donos de gatos devem prestar atenção. Pode ser um sinal de algo sério, então fale com seu veterinário.

3. Higienização excessiva

É um fato de que os gatos peludos são conhecidos por seus requintados cuidados, mas não a ponto de lamberem-se até os pelos de uma determinada região do corpo começar a cair.

4. Isolamento

Passar algum tempo sozinho é algo que a maioria dos gatos gosta de fazer. No entanto, se o seu gato está constantemente escondido de você ou de qualquer outra pessoa na casa, é um indicador de que alguma coisa de errado está acontecendo com ele.

5. Vocalização excessiva

Se o seu gato estiver “falando” constantemente, tenha cuidado com episódios longos ou recorrentes de miados de pânico. Em vez de tentar silenciar o gato, observe a circunstâncias desse comportamento e consulte o seu veterinário.

6. Diminuição do apetite

Diminuição repentina do apetite não é um bom sinal. Mesmo que o seu gatinho esteja acima do peso, não considere esse tipo de emagrecimento como algo normal e saudável.

7. Aumento do sono

Os gatos são bem conhecidos por dormir até 20 horas por dia, mas não significa necessariamente que o seu gato fará isso, afinal, eles se acostumam com a rotina e o horário de sono dos seus donos. Então se você notar algo estranho, se seu gato estiver dormindo mais do que o habitual, fique alerta!

8. Agressividade para com outros animais

Comportamento agressivo ou mesmo lutas contra outros animais, podem ser um sinal de que algo de errado está acontecendo com o seu gato.

9. Agressividade para com as pessoas

Um gato estressado ou doente também pode manifestar agressividade com as pessoas, mesmo contra aquelas que lhe são próximas.

 

Se o seu gato apresentar um ou mais destes sintomas de estresse, não hesite em consultar um médico veterinário.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...