Se você é uma pessoa apaixonada pelo seu gato, com certeza deve levar a alimentação dele a sério! Os gatos são propensos a desenvolver muitas doenças, especialmente aquelas do trato urinário, e uma alimentação balanceada e de qualidade é tudo o que os nossos bigodinhos precisam para continuar vivendo de forma saudável e feliz.

Todo gateiro tem um coração mole, e isso significa que de vez em quando, a gente baixa a guarda em oferecer um petisco para o gatinho quando ele vem na nossa direção com aqueles olhos pidões, como se nunca tivesse visto comida na vida inteira.

Mas é preciso tomar muito cuidado nessas horas porque existem alimentos que são bastante nocivos para os gatos e uma simples ingestão, mesmo em pequena quantidade, pode fazer muito mal para eles. Vamos listar aqui, 10 alimentos que são potencialmente perigosos para nossos gatinhos – vamos ficar atentos daqui para frente!

1- Chocolate

Não dê nada que tenha chocolate aos gatos! Pode ser letal a saúde deles, por causa de uma substância chamada Teobramina. Para o ser humano não é tóxico, mas para os animais é mortal. Os mais letais são os chocolates usados para cozinhar e o preto. Caso o gato venha a ingerir chocolate leve-o ao veterinário urgente. Alguns dos sintomas podem ser convulsão, tremedeira e até óbito.

2- Atum

Muitos gatos adoram esse petisco, mas só pode dar de vez em quando! Atum pode envenenar seu gato por mercúrio. Isso porque dar atum regularmente ao gato pode fazer com que ele tenha uma alimentação com baixa nutrição, e sem a nutrição necessária problemas podem surgir. Você até pode dar atum ao seu gatinho, mas desde que seja ao natural, sem óleo e sem temperos.

3- Cafeína

Alguns alimentos contêm essa substância perigosa aos felinos. Fique atento ao valor e composição nutricional dos alimentos que está dando ao seu gato. Uma quantidade razoável já pode ser letal ao gatinho. E se o animal ingerir uma porção de cafeína em pouco tempo a respiração dele começará a acelerar e o coração baterá mais forte. A cafeína está presente também no chocolate, Coca-Cola e energéticos.

4– Leite e derivados

Não dê leite ou qualquer outro derivado do leite, os gatos em sua maioria são intolerantes a lactose. Pode parecer que adoram, mas logo terão uma diarreia, e isso pode causar problemas gastrointestinais.

5– Doces

Não dê doces a um gato, seja ele de qualquer espécie. Qualquer tipo de guloseima dada a um gatinho poderá aumentar a insulina no corpo dele e levar à falência hepática. Uma lambida tudo bem, mas evite ao máximo. Caso aconteça dele comer observe se está vomitando ou se está perdendo a coordenação motora.

6– Pão

É comum aos seres humanos o consumo de pães. Temos por hábito tomar no café da manhã, café da tarde e em outras horas do dia, e em alguma delas o seu gatinho pode te pedir um pedacinho com aquela carinha linda de pidão, mas você deve resistir à tentação! Para os seres humanos o carboidrato do pão pode dar energia, mas para os gatinhos ele acaba estimulando a obesidade, dessa forma seu gatinho pode acabar ficando acima do peso e isso pode vir a trazer outras consequências ruins para sua saúde.

7– Álcool

Bebidas alcoólicas também são fatais para vida do seu gato. Como seus órgãos são menores e suscetíveis a variáveis externas, as bebidas alcoólicas podem matar seu gato em minutos. Assim como no organismo do ser humano, o cérebro e o fígado são afetados, e nos animais não é diferente, mas devido à sensibilidade a gravidade é maior, pois estes órgãos se destroem com mais facilidade.

8– Cebola, alho e cebolinha

Muitas pessoas usam para temperar e é uma delícia, mas para os gatos, se ingerido em grande quantidade ou frequente, pode causar anemia. Além disso, a acidez desses legumes pode causar problemas gastrointestinais.

9– Fígado

 O fígado possui grandes doses de vitamina A, e em excesso pode causar deformidade na estrutura óssea do gato, osteoporose, pode desenvolver ossos nos cotovelos e espinha e levar até a morte.

10– Ração de má qualidade

A grande maioria das rações comerciais para gatos são uma verdadeira porcaria! Você deve escolher a dedo a ração do seu gato e aprender a entender a descrição dos componentes da embalagem para realmente fazer a escolha certa. Caso não venha a fazer isso, seu gatinho infelizmente pode estar correndo um grande risco de vida ao comer rações comerciais erradas por longos períodos.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...