Os filhotes têm sempre bons momentos juntos, certo? Então por que seria diferente quando um gato rouba sua cama ou simplesmente a toma emprestado por um tempo?

Na verdade, quando cães e gatos se estranham, trata-se de uma disputa territorial, na maioria das vezes. O cachorro vê seu domínio invadido por outro animal e late ou rosna, avisando: “Caia fora, intruso!”. O gato, assustado com a ameaça do cão, arrepia-se e emite um som muito característico, uma espécie de rosnado dos felinos. O cão interpreta isso como uma agressão e a perseguição ao gato começa.

Os cães também podem ficar curiosos e tentar cheirar os gatos para saber exatamente do que se trata. Se o gato não se assustar, isso pode ser início para uma boa amizade. Mas se o bichano reagir com uma certeira unhada no focinho, o cão pode desenvolver medo de gatos (isso mesmo, há cães que morrem de medo de gatos!) ou se condicionarem a achar que gato = dor, e passar a hostilizá-los.

Nesse caso, a disputa é mesmo da cama. Eu apenas amo a expressão do gato ao longo de todo este vídeo… super calmo, apesar das tentativas  do cachorrinho! Hilário!

via: Perfeito.Guru

moch

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...