Alegar que os animais não são capazes de sentir, de amar é muita prepotência do egocêntrico ser humano,
pois até os espécimes mais primitivos fariam de tudo, dariam a vida se preciso para proteger quem amam.

“A palavra anfíbio quer dizer “duas vidas” (amphi = duas e bios  = vidas). As rãs, como a que aparece no vídeo, necessitam estar sempre em contato com a água e passa a maior parte do tempo nela.

Por isso apresentam membranas interdigitais que ajudam na natação. Uma fêmea coloca na água, geralmente, massas de ovos gelatinosas contendo milhares de ovos. Os ovos demoram mais ou menos seis dias para se tornarem girinos e estes se transformam em adultos em média, três meses, mas estes números podem variar bastante de acordo com a espécie.

Nesta fase inicial da sua vida, respiram por brânquias e não estarem imersos em água é fatal. Neste vídeo um macho, possivelmente o pai,   passa horas tentando salvar os girinos que estão morrendo sem água. Assistam!”

Fonte: http://metafisicaportal.blogspot.com.br/

bannerBlog

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Lara

    Fofooo!!!!!

  • Patricia

    Lindo !!! Deus espalhou o amor na terra para todos os seres….