É um enigma, com certeza. Uma hora seu gatinho amado está todo satisfeito com você fazendo carinho onde ele mais ama, e logo em seguida, quando você menos espera, lá estão os arranhões no seu braço ou as marcas de dente.

Você não está sozinho. Muitos tutores de gatos chamam esse comportamento comum de “Mordida de amor”, mas especialistas em comportamento felino têm dado um nome mais formal: Agressão induzida por Carinho, e é um tema pouco conhecido.

Normalmente, um gato amigável procura atenção humana, nesses casos, para suprir uma necessidade de atenção por não receber atenção por um determinado tempo. Tutores descrevem estes gatos como se mudassem de “amigáveis” para “ferais” como se um interruptor de luz fosse ligado.

Algumas possibilidades têm sido propostas para explicar por que os gatos podem fazer isso:

1- Pode ser uma manifestação da chamada Agressão induzida por Carinho, em que os gatos procuram controlar uma situação e mostrar quem está no controle.

2- Pode haver algum estímulo negativo significativo associado a ser acariciado em uma certa região que afeta estes gatos em particular.

3- Estes gatos podem ser especialmente sutis em deixar os seres humanos saberem quando está infeliz, de modo que sua mudança de atitude parece mais brusca do que ela realmente é.

Seja qual for a causa, a boa notícia é que este comportamento não significa necessariamente que você não pode interagir com o seu gato. Observe-o e tente encontrar seu limite, assim, talvez você consiga saber o ponto exato onde precisa parar antes de levar uma mordida 🙂

Fonte: Vetstreet

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Elke

    Eu acho que é bem próprio deles… felino kuando brincam entre si, mordem e arranham… e kuando namoram também, a gata da´uma canseira no gato, bate, morde, arranha e grita, eles devem gostar de amor selvagem mesmo rsrsrs

    • Vinicios

      Um antigo gato meu fazia isso, ele não gostava que ninguém fizesse carinho na perna e na barriga.
      Mas de resto, os gatos gostam de brincar assim com uma leve agressividade… Rsrsrs

  • Iraleide

    A minha gata faz exatamente isso, quando acho que ela tá gostando do carinho, ela derrepente agarra minha mão ou braço e morde e arranha e chaga até a sangrar. Mais nem por isso deixo de dar aquele beijo nela e abraçar mesmo que seja a força. Rsrsrs ????

  • ana

    Meu gato brinca mordendo com a outra gata, então, deduzi que quer brincar.

  • Roger

    Talvez não seja nada disso, descobri outro dia, fazendo carinho no meu gato, que a minha mão acumulava uma carga elétrica quando eu passava a mão ao longo do corpo dele, e quando eu repetia o movimento, ao encostar na cabeça dele dava um estralo de energia estática. Ele se mostrava extremamente irritado! Quem sabe está desvendado o mistério!

    • carol

      Genial, esta desvendado!

  • mariane

    eu acho que o meu faz isso quando ele quer parar o carinho, tipo, deu! agora não quero mais! hahahaha

  • Ricardo Faya

    Eu penso bem diferente do que foi proposto, claro que é uma teoria, tenho gatos desde os 5 anos, os levava para casa e gostava tanto que meus parentes acabavam deixando e os bichanos se tornaram nossos bichos de estimação ao invés de cães, como era antes.
    Sua memória genética, é fortíssima, é muito claro que os felinos que não dispõem de todos os dispositivos que os mantiveram por todo este tempo no planeta não tem a menor chance, então assim como sempre procurar tampar suas fezes em qualquer superfície que seja até não sentir mais o cheiro dela, ele não consegue se desvencilhar do instinto de alimentar-se, atacando e abatendo sua presa quando ela acredita estar amiga do felino, sempre que uma presa(mão) relaxa o suficiente para que ele dê o bote bem sucedido, é virtualmente impossível ao felino resistir ao ataque.
    Minha teoria.

  • Cris

    A verdade é que ele nos vê como um grande brinquedo inesgotável de movimentos rsss… quando fazemos carinho neles no momento que eles nos procuram (sempre Assim), eles aceitam numa boa até um determinado tempo, depois desse limite de tempo eles já não querem mais o carinho, ou de fato nossas mãos se tornaram um brinquedo muito legal. Então a nossa mão se torna o brinquedo favorito, por isso não se deve usar as mãos como brinquedo. Tente ter um brinquedo ao alcance e assim toda vez que ele tentar morder estimule mostrando o brinquedo e use-o. Com esse treinamento simples vamos ter um gato que vai saber relacionar a mão que só serve para fazer carinho de um brinquedo (uma varinha com penas por exemplo). Aprendi isso a durar penas aqui rsss… minhas mãos e antebraços arranhados por muito tempo. Agora brincadeiras com as mãos estão proibidas aqui em casa. 😉 Abraços.

    • Jéssica

      Perfeito! Simplesmente isso. Eles nos vêem como um amigo felino gigante. Apenas querem brincar. São mordidas de amor e não fazem com a intenção de nos machucar.

  • Elisa

    Se prestar atenção, dá pra saber a hora certa de tirar a mão ou afastar a perna… A hora certa é quando eles começam a ficar meio “violentos” no carinho deles… Daí, tem q ser rápido pra se livrar da mordida… Eu chamo de “carinho de elefante”…

  • marcia

    Ele provavelmente esta se sentindo só, aconselho adotar outro gatinho,uma parceria p/ ele.

  • Márcia

    É verdade. Meu gato procura carinho, mas ao mesmo tempo fica um pouco agressivo, sempre que passo algum tempo fora. Qndo chego, agrado, dou carinho, afago, mas lá vem a mordida.

  • Graziela Barros Robert

    Acho que eles mordem depois de serem acariciados em deteminadas regiões, pois tenho um gato que acaricio muito a região da cabeça dele, e ele ama,mas quando começo a acariciar a região do corpinho dele, logo mostra sinais de incomodo e me morde.

  • fernanda

    Gente eu tinha uma gata, a Ágatha peguei ela já grandinha tinha uns 5 meses, minha tia criava ela solta não pegava muito no colo pois tinha uns 5 gatinhos mas cuidava super bem de todos, ela era calma e dócil sempre, adorava um carinho e não mordia, mas adorava sair muito pra passear eu ia castrar ela por aqueles dias mas em seguida ela foi atropelada e não resistiu :/. Logo depois pegamos aqui em casa outra gatinha só que diferente da Ágatha esta era bebe ainda, se chamava Pimpolha porque desde pequena era muito sapeca adorava morder, pois sempre até hoje já esta com 1 ano e ainda é agressiva e não gosta de colo nem de carinho. Cheguei a conclusão que o gato quando é pego bebe ou grandinho que é rodeado por muita gente que fica o pegando, mimando e fazendo muito carinho, acaba crescendo e ficando digamos que “enjoado de muita melação com ele” e acaba que ficando um gato agressivo. Então na minha opinião é isso, e outra coisa que a pimpa não gosta é de visitas aqui em casa e nem de criança ela fica super agressiva e se esconde onde ninguém possa pegar ela, e também fica com o rabo balançando se sentindo incomodada com a presença daquelas pessoas em casa até por que em casa é só eu e meu marido ela é acostumada com silêncio rsrs. Agora ela tem um maninho o Bolinha também pegamos ele bebe, já esta com 4 meses ele é muito mimoso, ama um carinho, faz um rom rom super alto e quanto mais mimamos mais ele quer ser mimado.. Bem diferente da pimpa será que é porque ele é um “gato”. Tenho muitas perguntas precisando de respostas rsrs..

  • fernanda

    foi meu comentário ?

  • Thaís

    Só fico me perguntando até que ponto dá pra encher o saco do gato. Tipo, minha gata morde e arranha de uma forma até meio suave nesses momentos, diferente de quando a gente tira ela de uma briga, por exemplo, então eu geralmente não do muita bola. Mas vai saber.

  • Bruna

    O gato da minha mãe ele gosta de morde os pé dela

  • Marcos stiloso

    Acho que são muitas teorias. Mas na minha opinião os bichanos só querem partir para uma brincadeira mais instintiva quando cansam do carinho convencional. Minhas gatinhas fazem isso mas nunca elas mordem ao ponto de ferir. No entanto, claro, respeito o limite delas. Quando percebo que a coisa tá ficando mais “animal” é a minha deixa pra sair fora.

  • Denis Machado

    Tive um gato assim, não podia pegar nele que logo ele miava e me mordia, passei a não fazer mais isso e quando ele alcançou certa idade isso passou… A minha solução foi ter paciência

  • Douglas Villar

    Pelo contrário meu gato n morde e nem arranha… Ele me dá cabeçada no rosto..kkkk

  • Awdrey

    Minha gata faz isso mas em seguida pede mais carinho eu vejo isso normal comum ja estou a costomada e a mordida nem doí e nem deixa marca pois ela da umas mordidinhas e treme sabe pra não machucar e em seguida pede mais carinho qdo não ate deita de barriga pra cima pra fazer carinho acho que depende de gato pra gato cada caso e um caso neh como disseram varias teorias varias motivos…

  • Ricardo Jorge

    Eu acredito que seja o mesmo que quando nós humanos atingimos o limite máximo da vontade de abraçar e apertar até esmagar de amor os Espanhóis utilizam muito a expressão “Que te como” ou seja gosto tanto de ti que tenho vontade de te apertar e comer eu acredito que seja por ai de todas as formas eu adoro esse momento que on nossos bichaninhos perdem o control e apos essa explosao de emoção voltam ao mesmo …

  • Cleuza Daros

    Isso não é enigma para mim.Eu percebi que: os gatos que fazem isso, são os gatos que FORAM DESMAMADOS MUITO PEQUENININHOS. Algo acontece no Psicológico ou na química do cérebro, dando a desconfiança e se irritando quando alguém agrada ou faz carinho. Eles se irritam de repente, numa explosão de fúria. E eu não condeno esses gatos, pois isso está além do querer.

    • VASH 0K

      Isso é uma teoria interessante, porém deve ser estudada com uma amostra significativa para poder ser afirmado!

    • Regina Planella

      A minha pequena divindade foi abandonada com 1 mês de idade … nem comia ração ainda …
      E apresenta esse comportamento.
      A bos notícia é que resolvi aplicar algumas das técnicas do Jackson Galaxy e ela melhorou muito. Eu brinco com ela de 2 a 3 vezes por dia … a sessão de brincadeira dura uns 15 minutos mais ou menos … a noite que disponho de mais tempo até ela cansar … 😉

    • César Boiani

      Creio que tua teoria é válida, tenho um gato que foi desmamado com 25 dias e apresenta este comportamento, ele é dócil, brincalhão, mas, ao receber carinho, simplesmente muda bruscamente e começa a morder.

    • Andreia Gomes

      verdade….meu gato é assim e foi desmamado muito cedo, peguei ele na rua com 30 dias, foi abandonado … eu li na net, que isso acontece pq a mãe não teve tempo de educar, colocar limites, dai eles ficam estúpidos, mas amo ele mesmo assim…<3

    • Sandra Garrido

      verdade o meu gatinho tinha 45 dias quando peguei ele.
      e é bem doidinho mesmo.
      vivo toda mordida e arranhada.
      mas amo o meu amadinho.

  • Samuel De Oliveira

    Sempre achei que era uma forma de brincadeira O.o

  • Leonan Carvalho Guerra

    Pelo o que observo esses momentos são apenas treinos para lidar com a presa, você pode até chamar de brincar, mas o intuito real é lidar melhor futuramente com a presa, o seu braço ou mão, tende a ser o mais parecido com uma presa por causa do movimento, instigando esse comportamento. Prova disso está nesse vídeo https://youtu.be/jAoleYuT474?t=9m11s, aos 9:11 ele está apenas treinando não está interessado em comer a presa, que exatamente o que faz com seu braço/mão, nos outros momento do vídeo o gato está realmente caçando. Também da para observar que o gato usa as pernas traseiras como proteção, pois a barriga fica vulnerável nesse momento. De forma alguma vejo isso como uma agressão, os gatos não mordem para valer nesse momento. Ou seja:
    1: Agressão induzida por Carinho não faz sentido nenhum, pois não é uma agressão.
    2: Não há estimulo negativo, o gato não vê seu braço como você, ele apenas “vê” o seu movimento.
    3: O gato não fica infeliz nesse momento, ele foi simplesmente induzido a isso.

    Temos que ver que o carinho humano é diferente que eles tem entre si, ele pode acabar induzido comportamentos diferentes.

    Você pode percebe que quando está realmente agressivo ou descontente, quando ele parte para a patada, pois ele não quer comer apenas agredi, bem diferente de quando ele apenas “morde”.