Atendendo a pedidos da polícia para manter sigilo em redes sociais sobre operações de busca por envolvidos nos ataques de Paris, os belgas arranjaram um jeito bem humorado de continuar usando os serviços e, ao mesmo tempo, apoiar os esforços das autoridades. A Bélgica entrou nesta segunda-feira (23) no terceiro dia sob alerta máximo.

Ainda no domingo (22), a Polícia Federal pediu para que belgas não publicassem informações que comprometesse as ações. Durante a noite, foram feitas 22 operações, que resultaram na prisão de 16 pessoas. Nesta manhã, o número de detidos subiu para 21.

O pedido foi endossado por Steven Vandeput, ministro de Defesa da Bélgica, que criou uma hashtag. “A polícia está pedindo ao público para não reportar seus movimentos nas mídias sociais, por favor apoie e retuíte #BrusselsLockdown”, escreveu em sua conta no Twitter.

A partir daí, os belgas começaram a publicar uma série de mensagens com a hashtag e acompanhadas por fotos de… gatos. Gatos de todo jeito. Vestidos como Darth Vader, enrolados em papel, dormindo.

“Eu acho que em uma hora eu vi mais gatos engraçados do que verei pelo resto da minha vida”, afirmou o especialista em mídias sociais, Mateusz Kukulka, à agência de notícias AFP. Ele acredita que a onda de postagens de imagens de gatos começou com Hugo Janssen, que trabalha em um canal de TV holandês. “Em vez de tuítes sobre as atividades policiais em Bruxelas, aqui vai uma foto do nosso gato Mozart.”

As autoridades da Bélgica agradeceram. “O procurador federal e os serviços policiais devem agradecer a imprensa e aos usuários de mídias sociais por levar em conta as necessidades da operação em curso”, afirmou Eric Van Der Sypt, porta-voz da procuradoria, na noite do domingo.

“Breaking News: Polícia da Bélgica usando os novos ‘Hovercat’, que fazem 20 m/h, durante operações terroristas”, escreveu Jayce le Satirique.

be1

“Que a força esteja conosco”, escreveu Tine Eeckhout.

be2

“BrusselsLockdown ao vivo”, escreveu Delphine Jory.

be3
“Operação policial em andamento”, escreveu Harry Boone.be4
“Eles o pegaram”, escreveu Geert Van Bondt.
be5
“Não divulgue informações da situação da #BrusselsLockdown que possa ajudar os suspeitos. Confunda-os com fotos de gatos!”
Captura de Tela 2015-11-23 às 19.16.12
“Entendido!”
Captura de Tela 2015-11-23 às 19.16.26

Captura de Tela 2015-11-23 às 19.16.40 Captura de Tela 2015-11-23 às 19.16.59

E não parou por aí! Depois que as autoridades informaram que haviam prendido os suspeitos, publicaram também nas redes sociais agradecendo às pessoas, usando a hashtag criada!
“Agradecemos a Mídia e cidadãos por seu silêncio online, conforme pedimos durante a intervenção desta noite. #BrusselsLockdown”

Captura de Tela 2015-11-23 às 19.17.24
Em seguida, a Polícia da Belgica publicou a foto abaixo, agradecendo aos gatos pela ajuda!
Captura de Tela 2015-11-23 às 19.17.13
Via: G1

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...