Todo mundo já tá cansado de saber que aquele velho papo de vó, que diz que “quanto mais gordinho, mais saudável”, não é nem um pouco verdade. Se nos preocupamos tanto em nos manter saudáveis e em forma, por que não nos preocuparíamos com quem mais depende da gente?

FatCat2


Algumas vezes, os donos têm mania de achar que redondo é que é bonito, só porque eles ficam “fofinhos”. Ouvi um relato de um colega uma vez, que disse ter atendido uma dona de gato, cujo único motivo para consulta era: “Dotô, quero que meu gato fique igual ao da vizinha: com 12 quilos!”.
Vamos comparar um pouco isso conosco: pensando em uma mulher, de estatura mediana (1,65m tá bom, né?), o seu peso médio ideal deveria ser em torno dos 60kg. Agora vamos pensar em um gato de porte médio (não estou falando de Maine Coons, ok?), que pese em torno de 4kg: se ele engordasse até os 12kg, seria o mesmo que aquela mulher, que eu comentei ali, estivesse pesando nada mais, nada menos, que 180kg. Cento e oitenta kilos. Acho que deu pra entender o meu ponto, certo?
Qualquer ganho de peso, por mais insignificante que pareça na cabeça do dono, tem sim bastante importância pra um gato. Se conseguimos entender o porquê de não ser saudável uma mulher de 1,65m
pesar 180kg, então por que ainda há tanta dificuldade em entender o porquê de não ser saudável os gatos serem gordos?

ll2
via London Media (http:// http://www.london-media.co.uk/photodesk/)

Colocando em termos mais técnicos, obesidade não é saudável simplesmente pelo fato de vir acompanhada de mil e um outros problemas. O risco de o animal desenvolver doenças metabólicas aumenta, e muito! Há estudos mostrando que gatos que pesam de 7kg pra cima, têm o dobro de chances de desenvolver diabetes, por exemplo. Isso sem contar que o acúmulo de gordura faz com que o controle dessa doença (com insulina) fique ainda mais difícil.
Além disso, podemos enumerar diversos outros pontos negativos da obesidade:
– O peso extra aumenta a carga sobre as patinhas, o que pode causar problemas articulares;
– Os gatos têm maior chance de qualquer perda repentina de peso (ao parar de comer por qualquer causa que seja) causar um problema no fígado muito sério, chamado Lipidose;
– Se cansam com muita facilidade, pois além de qualquer movimentação se tornar mais difícil, o pulmão deles tem menor capacidade de se expandir;
– Eles ficam mais sedentários (preguiçosos, mesmo!), tomam menos água e demoram mais pra fazer xixi, o que aumenta o risco de desenvolver doenças urinárias (cistites, pedras, etc);
– Podem desenvolver um probleminha de pele que se chama “seborreia do gato obeso”, em que, por não conseguirem se lamber direito devido a tanta gordice, ficam cheios de caspa e com o pelo super oleoso;
E por aí vai. O mais importante de tudo isso, é entender que estar acima do peso não é saudável! O excesso de gordura corporal traz muitos malefícios à saúde. Por mais saudável que o seu gatinho pareça, o simples fato dele ser gordinho é, sim, muito preocupante!

ll3
Via Google Imagens (http://www.google.com.br)

Acho que, nesse momento, alguns de vocês podem estar se perguntando: “Mas meu gato é gordo? Como eu posso ter certeza?”.
O método que nós, veterinários, usamos para avaliar isso é através do Escore Corporal. É uma classificação que varia de 1 a 5 (dependendo da tabela – há algumas que variam de 1 a 9, ou 1 a 10 e por aí vai), sendo 1 “muito magro”, e 5 “acentuadamente obeso”. Avaliar obesidade simplesmente pelo peso do animal não é a melhor escolha, por causa da variação de tamanho. É igual querer comparar aquela mulher de 60kg ali em cima, com uma criança de 20kg. A mulher não é gorda só porque pesa mais, certo?
Então, basicamente, é assim:

pesoIdeal
Via Royal Canin (www.royalcanin.com.br)

A partir de “excesso de peso”, seu gato já precisa de intervenção. Caso você não consiga avaliar sozinho, ou não tenha certeza da avaliação que fez, pergunte ao seu veterinário. De qualquer maneira, se seu gatinho precisa perder peso, ele deve passar com seu veterinário de confiança primeiro. Não faça nenhuma dieta sem antes ter a orientação correta. A perda de peso em gatos não é tão simples quanto em cães ou humanos, pois eles podem adoecer caso a dieta não for feita adequadamente, e no tempo correto (lembram que eu comentei lá em cima, que qualquer perda de peso repentina pode causar lipidose?).
De modo geral, o que eu quero que vocês entendam é que: obesidade em gatos existe, sim, e é muito mais perigosa do que parece. Assim, na próxima semana, vou conversar com vocês um pouco mais a respeito do que se pode ser feito para deixar nosso amigo peludo em forma, e consequentemente mais saudável. Nunca se esqueça de que a saúde e a felicidade deles dependem única e exclusivamente de nós!

Luísa Navarro
[email protected]

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Raquel

    Adorei o artigo! Muito bem explicado e nos conscientiza da importância de manter nossos
    gatinhos sempre em forma! Parabéns! Vou aguardar ansiosa pelo próximo artigo!

  • Dra Luísa, não sei exatamente se meu gato esta acima do peso. Pelo que visualizei nas figuras, ele aparenta estar com excesso de peso. Mas nãos sei se aquela gordura abdominal realmente é gordura ou se é um corinho caído (pele). Ele é um siamês macho de 11 meses que pesa 4,5kg.
    Abraços

  • stellqa

    como fazer o meu gato entender que tem de comer menos ? ele chega a gritar pedindo patê

    • M.V. Luísa Navarro

      Olá, Stella. Infelizmente deve-se ter paciência com esses “miões”. Nas próximas semanas darei algumas dicas que você vai gostar, a respeito disso. Bjs!

  • Brenda

    Boa tarde, minha gata parece estar com excesso de peso, porém ela é castrada (tendo aquela pelinha meio solta da cirurgia) e é peluda. Não sei exatamente quanto ela pesa, mas em tamanho ela não é tão pequena. Ela tem 3 anos e meio mais ou menos.

  • Simone

    Gostei muito desse artigo sobre a obsidade dos gatos, agora vou ficar ligada nos proximos artigos!Parabéns!Abraços!

  • Fernanda

    Tenho dois gatos obesos e eles não emagrecem por nada. Eles comem ração Premier para gatos castrados e ambiente interno. Dou exatamente a quantidade indicada para gatos obesos e nada de emagrecerem. Não dou petiscos e nada além da ração. Eu os estimulo a brincar e a sempre subirem e descerem as escadas de casa, e mesmo assim eles continuam gordos. Antes eles comiam a ração da Royal Canin para gatos castrados e eram mais gordos ainda (10 kg cada um), depois que troquei para a Premier, eles perderam uns 2 kg. Ah! E não é verme! Sempre aplico Advocate. O que eu faço?

    • M.V. Luísa Navarro

      Oi, Fernanda! Você costuma deixar ração à vontade? Ou fornece porções sob medida?

      • Roxy

        Olá Dra! Eu tenho uma dúvida, meu gato está acima do peso e a veterinária disse que ele tinha que emagrecer. Todo mundo diz que ele é grande e tal (realmente ele é um pouquinho maior, mas nada demais) e eu tenho achado ele gordo não é de hoje. Ele vai fazer um ano esse mês e é peludo. Ele tem tipo uma pele na barriga, que quando ele corre até balança mas de cima ele não aparenta ser gordo, mas sim normal mas quando pego na pele dele perto do pescoço “sobra” um pouco por isso acho que ele ta gordinho, e tô muito preocupada com esse “excesso de pele” na barriga dele, tem como ele perder? Acho bem estranho, nunca vi nenhum gato com essa “bainha”na barriga. O que poderia ser? E eu deixo comida a vontade pra ele, mas coloco pouco, antes enchia o pote e deixava a vontade e moro em apartamento. Será que foi por isso que ele engordou?

  • Valéria

    Dra. Luísa amei a matéria, o meu bebê ainda ta dentro do peso conforme a sua tabela, ele é bem grande tem um comprimento de 70 cm, tenho uma dúvida sobre a forma de alimentar-lo, ele pesa 5 quilos e estamos sempre cuidando para ele não engordar mais, a minha dúvida é se existe uma medida com base no tamanho e peso para poder alimenta-lo?

    • M.V. Luísa Navarro

      Oi, Valéria! Essa informação está na parte de trás, ou na lateral, do saco de ração. Só não se esqueça de que é a quantidade diária a ser oferecida, e não por porções. Semana que vem falarei mais a respeito disso, fique ligada! Bjs

  • Andréa

    Tenho 3 gatos castrados (1 macho e 2 fêmeas), só que uma das fêmeas ficou com excesso de pele na barriga depois que foi castrada, ela precisou fazer a cirurgia 2 vezes, pois na primeira vez ela não parava quieta e os pontos abriram e foi preciso refazer a cirurgia. Depois disso a pele da barriguinha dela aumentou bastante, ela é magra. É normal a pele ficar assim depois da castração? O macho e a outra fêmea ficaram com as barrigas normais, só o peso deles é maior, são gordinhos, não obesos.

    • M.V. Luísa Navarro

      Oi, Andréa! Sim, excesso de pele é normal. Acontece, principalmente, quando eles perdem muito peso. Pós-cirúrgico pode ocorrer devido à maneira como damos os pontos. Às vezes juntamos “uma gordurinha daqui e outra dali”, e acaba ficando assim, mesmo. Nada com que se preocupar. Um beijo!

  • Gabriela

    Tenho 2 gatinhos que peguei da rua. A fêmea tem fibrosa pulmonar é por isso é mto magrinha. Dou ração de filhote para ela engordar por orientação da veterinária e ela tem ração a vontade. O macho é obeso e apresentou sintomas de diabetes (muito xixi com formigas e mta sede) troquei a ração por diet e dou a quantidade orientada pela veterinária. É uma luta por que tenho que manter os dois separados o dia todo, senão o macho come a comida da fêmea, o que é mto ruim para ele. No caso dele não fiz nada além de trocar a ração. As formigas sumiram e ele passou a fazer um pouco menos de xixi, mas fico na duvida se tenho que levar para tomar insulina. Quais sintomas tenho que observar nesse caso? Ele parece estar muito bem, mas fico preocupada com o meu gordinho. A fêmea que era desnutrida por causa da fibrosa está muito melhor, virou uma gatinha normal com alguns episódios raros de falta de ar, fiquei impressionada como que uma ração de qualidade pode fazer, ela salvou a minha negrinha!!!

  • Clarissa

    Amei. Obrigada.

  • Nanci Bahia

    Adorei o texto!
    Valeu o puxão de orelha porque ja sabia que um dos meus gatos está bem obeso…
    Vou dar atenção a esse problema, promessa!

  • vanessa

    Adorei as dicas, meus gatinhos (mestiços de siames) são extremamente manhosos e chatinhos para comer.
    Dou várias porções bem pequenas por dia (pequenas mesmo), pois se sobra no prato não comem de jeito nenhum, a gata está normal, só acho que o meu meninão está com problemas, ele está com 6 anos e super malandro e gordinho. Estranho porque a primeira refeição da manhã ele come e vomita tudo, depois passa.
    Não deixo comida no prato, a não ser que eu saia por mais tempo, primeiro porque eles não comem, segundo porque a cachorrinha adora a comida deles. É prejudicial se ela comer a ração deles? O que eu faço para ele não vomitar pela manhã? O que eu posso fazer para estimular ele a fazer exercicios (ele odeia sair do sofá, mia alto e sem parar), não gosta de brinquedos, perde o interesse muito rápido, a única coisa que o agrada é o arranhador, desse ele não abre mão (ou a patinha). Ele deve ter mais ou menos uns 7 kg.
    bjs e obrigada pelas dicas.

  • pôxa gostei mesmo da matéria e vai me ajudar muito!!Tenho uma ciamesa castrada de 3 anos.Ela está no peso ideal.Só uma dúvida:ela come bem ração(Magnus) e ás vezes Wiskas sachê,mas a-d-o-r-a pão com manteiga,pão de queijo,e acredite mousse de maracujá.O Pão dou com frequência,mas o pão de queijo e mousse,raramente.Isso pode fazer mal pra ela??Obrigada e vou ficar ligada nas próximas matérias!!

  • Andreia

    Tenho 2 gatos castrados. O de 3 anos está pesando 7kg e o de 1 ano está com 5kg. Eles são grandões e eu só dou ração. Raramente dou sachê, só quando “maltrato” eles (passar Frontline e dar Drontal). Compro ração super premium sempre. Os dois já pesavam 4,5 kg antes da castração. O de 3 anos só começou a engordar quando fui morar em apartamento. Agora os 2 são de ambiente interno. Já tentei colocar o mais velho de dieta, mas eles só comem juntos, e ele come mais rápido que o outro e, consequentemente, mais. O que eu faço? Dou ração para obesos pros dois?

  • Jade

    E quando o oposto acontece?! O que fazer?
    Tenho uma gata persa castrada, que esta com quase seis anos e de uns tempos pra ca ela anda bem magrinha.

  • Graça Silva

    Os meus dois estão no peso ideal. Só comem ração para gatos castrados e NENHUM outro tipo de alimento. Duas vezes por semana sirvo um único sachet para os dois, de comidinhas úmidas para auxiliar no funcionamento do intestino. Estimulo muitas brincadeiras para fazerem exercício. Leopoldo tem 2 anos e pesa 4,300kg e Valentina tem 1 ano e pesa 3,300 kg.

  • Rita de Cássia

    Tenho 3 gatos duas gatas e um gato, uma só fica magra demais quando anda muito ela já é castrada , mais sempre que aparece um gato diferente passando aqui na laje de casa ela fica desesperada querendo fugir sempre atrás do gato e acaba emagrecendo bastante , isso acontece de tempos em tempos , quando passa esse período ela fica um pouco mais normal, já a outra gata e gorda , ela gostava de subir na laje mais desaprendeu a descer , ela costumava descer pela escada mais não sabe mais , quando ela sobe pra tirar ela da laje é um sacrifício , ela mia desesperada mais quando queremos tirar ela de lá sempre foge , por quanta disso e do vizinho está construindo ela nem sobe mais anda bem pouco , e a outra anda demais , já o gato anda bastante , come bastante e toma muita água , mais vive comendo besteira tenta comer coisas do lixo e tudo agente sempre vigia mais ele sempre come algo de estranho e passa mal vomitando.

  • Jaqueline

    O meu é muito magro, o que devo fazer? Castra-lo?

  • Ana Paula

    Dra. Luísa o teu texto veio em um momento que preciso muito de uma “ajuda”.
    Minha gata está pesando 6,9 kgs, tem 7 anos e é grandona, da cabeça ao começo do rabo mede 60 cms. Mas tá bem obesa, adotei Royal Canin obesity por um mês, mas sem exercicios, pq não tinha ideia de como exercita-la, até que após muito revirar na net me inspirei em uma solução, um gato obeso inglês que era levado para passear diversas vezes em volta da clinica onde está.
    Comprei uma coleira abdominal, mas na única vez que tentei dar o primeiro passeio do dia (dividi em três turnos para não força-la, pois sempre foi sedentária, só come e dorme) na terceira voltinha, ela se jogou no chão, achei até que estava tendo um ataque, mas foi um ataque de raiva.
    Além do que ela também chora por comida quando eu tento restringir.
    Existe algum exame que eu possa fazer para ver se a gordura está afetando o fígado ou outros orgãos?
    Espero que teus textos ajudem não somente a mim, como outras gateiras.
    Não sei mais como agir, ela é muito importante para mim, brigo com ela qdo não quer se exercitar, pois é para o bem dela.

  • Pingback: CAT CLUB - de catlover para catlover>()

  • Moema Borba

    Dra. Luíza Navarro, sei o quanto esse assunto é importante. Em setembro do ano passado, meu Nego, que pesava uns 8,5 kg, teve uma Colângio-Hepatite, perdeu muito peso repentinamente e teve a lipidose. Quase morre. Após muita luta ele se salvou da doença e hoje está bem, graças a Deus. Voltou a comer normalmente e agora parece que está ainda mais gordo do que antes da doença. Ainda não o pesei, mas só olhando para ele, acredito que deva estar com uns 9 kg. A veterinária dele disse que eu deveria fazer uma dieta com ele conforme o que indica o saco de ração, para que ele ficasse pesando, no máximo, 7 kg. Acontece que tenho outros gatos, trabalho e deixo a comida lá para todos eles comerem nas 8 horas em que passo fora de casa. Também tenho medo de fazer conforme indica o rótulo, ele emagrecer rapidamente e adoecer de novo. Como devo proceder? Dar a quantidade indicada no rótulo, por dia, e deixa-lo com fome?

  • Pingback: CAT CLUB - de catlover para catlover>()

  • Pingback: CAT CLUB - de catlover para catlover>()

  • Pingback: CAT CLUB - de catlover para catlover>()

  • Luciana

    Já tive um gato gordo que ficou doente com pancreatite e teve lipidose hepática. Foi terrível, mas vencemos essa luta e ele se curou. Não é fácil mantê-los esbeltos, mas se um gato parar de comer por um dia, médico nele!!

  • Olá, eu tenho 3 gatos adultos. Um persa magro com 3kg 400, uma da europa gorda com 4kg 350 e outra persa muito gorda com 6kg 850. A questão é como fazer uns emagrecer sem emagrecer o que está magro? Com tres é dificil, e eles estão sempre e só dentro de casa. Eu tento dar ao menos a comida certinha para eles, não coloco a toa. Todos os dia sempre a mesma quantidade de comer. 60 gr tres vezes ao dia para os 3. Muito obrigada se tiverem uma ajuda para mim, os gatinhos agradecem 😀 miauuuu

  • viviane

    Boa tarde , minha gata e vira-lata e tem 8 anos , ela esta pesando 2,900 mais de uns dias pra ca , vim passando a mão nela e esta parecendo as costelas , mais ela esta comendo normalmente come ração com a latinha e , esta fazendo fezes normal , estou preoculpada com a saúde , gostaria de saber se pela idade dela e normal ela pesa 2.900 , tenho outra gata com 1 ano e 4 meses e ela pesa 4 kilos , pra esta bom .
    Muito obrigado aguardo uma resposta , estou muito preocupada .

  • Larize

    Oi Dra. Tenho uma gata persa que deu cria há 23 dias. depois que ela deu cria come sem para e mesmo quando tem ração no pote mia direto parece que pedindo algo que não tem. ela esta amamentando e fico preocupada que a ração não esta saciando suas necessidades ela come a ração Golden Frango para gato adulto.Ela esta magra posso ver e sentir seu quadril e suas costelas.
    Grata Larize

  • Elisa

    Olá! eu tenho um gato de 10 kilos, ele é lindo, mas a situação dele sei que não é saudável, ele já tem 8 anos, não passeia fora da casa, pois ele é tão gordo q não consegue subir o muro e também já teve vários episódios de ITU, uma vez chegou a ter que passar uma sonda para desobstruir a uretra dele. Já levei bronca do veterinário, que disse que ele deve estar com hipotiroidismo, pois ele não tem cintura nenhuma, realmente é uma bola. Já tentei trocar a ração por uma ligth e regrada, mas ele recusou e ficou deprimido, era só tristeza e nem me procurava mais, realmente estava infeliz….o que posso fazer? o veterinário me disse o seguinte: “vc pode ter uma gato gordo, feliz e que não viva muito tempo ou um gato triste, infeliz e que viva mais tempo”…eu amo tanto o meu “Rock”….