Jill adotou Ralph quando ainda era filhote em um abrigo de animais, em 1998. Eles eram inseparáveis. “Ela carregava ele para todo canto que ia, ela fazia tudo com Ralph do lado!” Conta a Mãe de Jill.
Três anos depois de ser adotado, Ralph desapareceu, sem deixar pistas. Por muito tempo a família procurou por ele, por toda parte. Mas nunca o encontrou.

Jill cresceu, e teve outros pets depois de Ralph, mas nenhum deles foi capaz de substituí-lo, apesar de serem também muito amados. “Cheguei a ter outro gato e até um cachorro, mas nenhum deles substituiu Ralph”, conta Jill.

jill1

Foi então que tudo aconteceu. 14 anos depois do desaparecimento de Ralph, a família de Jill recebeu uma ligação de um abrigo de animais, dizendo que haviam encontrado seu gato e identificado os dados do dono pelo microchip que ele possuía.
“Quando recebi a ligação, não entendi nada” conta Jill. “Eu disse: ‘Mas eu não tenho um gato!’ e a pessoa respondeu: ‘Sim, você tem'”.

Então, Jill correu até o abrigo para encontrar Ralph. “Quando me viu, ele balançou a cabeça para os lados, seus olhos se arregalaram, e eu só conseguia dizer: ‘Oh, meu Deus! É meu gato!'”, conta Jill, emocionada.

De volta pra casa, Ralph agora está recebendo todos os cuidados necessários para recuperar sua saúde, já que já é um gato idoso de 17 anos e viveu muito tempo na rua, por isso estava debilitado.
“Eu estou tão feliz que ele vai passar o resto da vida comigo, e não mais na rua.”, desabafa Jill.

jill3 jill4 jill2

Abaixo, o vídeo da reportagem (em inglês).

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...