Se você nunca ouviu falar em enriquecimento ambiental, esta é uma boa oportunidade para conhecer mais sobre o tema e começar a planejar atividades para seu gato.
Como você já deve ter percebido, gatos são animais bastante ativos. Os  mais desavisados podem pensar que eles só gostam de dormir, mas não é verdade. Quando criados livres, eles gostam de subir em árvores (alguns não conseguem descer e precisam de ajuda profissional), gostam de correr, explorar o território, caçar, brincar e até mesmo batalhar com outros gatos.
Gato caçando
Acontece que, hoje, a maior parte dos gatos vive dentro de casa – até por recomendações da maioria dos médicos veterinários, já que está comprovando que gatos indoor vivem mais e tem maior qualidade de vida. Entretanto, como tudo na vida, manter seu gatinho em casa tem seus prós e contras. Naturalmente, gatos indoor são menos ativos.

Então como podemos evitar que ele vá para a rua e não se exponha a perigos como envenenamento e atropelamento, mas, ao mesmo tempo, reverter o sedentarismo? A resposta está no enriquecimento ambiental.

O enriquecimento ambiental é bastante comum nos zoológicos, já que os animais ficam confinados em uma jaula. Para enriquecer o ambiente, são oferecidos: brinquedos, obstáculos, rampas, declives, enfim, elementos que promovem a distração e evitam o estresse que vem junto com o tédio.
enriquecimento ambiental zoologico
Para reproduzir essa ideia em casa para os gatinhos é bem simples. Existem vários brinquedos e arranhadores disponíveis no mercado pet. Você pode espalhar pela casa alguns brinquedos como bolinhas, chocalhos e carpetes com penas acopladas em conjunto com arranhadores que, além de distrair, evitam que seu concentre energia no sofá novinho em folha que você acabou de comprar e ainda está pagando! E se a grana está curta, é possível improvisar e fazer você mesmo um arranhador pro seu gatinho!
Gatos brincando
Algumas pessoas vão além e constroem escadas e ambientes divertidos para que seus gatos possam escalar e brincar:
enri const
Vale lembrar que animais ativos têm menos chances de tornarem-se obesos, outro problema que pode ser grave para nossos bichinhos. Já existe até grupo fit que ajuda gatos obesos a perderem peso!
Quer mais dicas sobre enriquecimento ambiental e combate a obesidade felina? Dá uma olhada nesse outro post sobre a importância de manter seu gatinho ativo e nesta série sobre obesidade em gatos parte 1 e parte 2.

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...