Não importa se um gato não tem um olho, um rabo, uma perna, se tem Fiv ou Felv ou qualquer outra doença. Ele simplesmente continua sendo um gato, como qualquer outro. Ele ainda ronrona, mia, derruba coisas da mesa só pra vê-las cair, adora dormir em uma caixa ou no fundo de um guarda roupa escurinho…Enfim, continua sendo um bom gato e fazendo coisas de gato.
É assim que a fotógrafa Monika Malek apresenta sua série de fotos com gatos especiais como estrelas principais. Aliás, Monica prefere não chamá-los de “especiais”, já que defende que as pessoas precisam vê-los como gatos normais, como outro qualquer, que tem lá sua deficiência, mas que continua, no fundo no fundo, sendo um gato.
Monika diz que mesmo sendo deficiente de alguma forma, o gato não se sente pior do que os outros, eles não têm essa percepção, como nós humanos temos. Então, se ele não se sente pior do que os outros, por que você deveria tratá-los como tal?
A série de fotos é belíssima e emocionante, e Monika tentou capturar cenas do dia a dia de gatos deficientes, e mostrar como vivem bem e normalmente, e fazem coisas de gato.

Aproveitamos para falar sobre a importância da adoção, e mostrar que adotar um gato especial é super possível e na maioria dos casos (exceto quando existem problemas sérios de mobilidade), pouquíssimas adaptações são necessárias na casa e na vida, e eles vivem normalmente.
Por isso, se você está pensando em adotar um gato, pense na possibilidade de adotar um especial. 🙂

Meu nome é Kazik e tenho 5 anos. Eu não tenho uma perna, mas continuo sendo um gato.

st1
Meu nome é Amber, eu tenho 1 ano e 2 meses. Eu não tenho um olho, mas continuo sendo um gato.st2
Meu nome é Ficus, tenho 5 anos. Eu não tenho uma perna, mas continuo sendo um gato.st3
Meu nome é Marcel, tenho 8 anos. Eu tenho Felv (Leucemia), mas continuo sendo gato.st4
Meu nome é Simba, tenho 1 ano e meio. Eu não tenho uma perna, mas continuo sendo um gato.st5
Meu nome é Szafir, tenho 2 anos. Eu não tenho um olho, mas continuo sendo um gato.st6
Meu nome é Citek. Eu tenho 6 anos e meio. Eu não tenho um olho, mas continuo sendo um gato.st7
Meu nome é Sherlock, tenho 1 ano. Eu não tenho um olho, mas continuo sendo um gato.st8
Meu nome é Lulek, tenho 2 anos. Eu tenho patas muito curtas, mas continuo sendo um gato.st9
Meu nome é Rufus, tenho 1 ano. Eu não tenho rabo, mas continuo sendo um gato.st10
Meu nome é Kumiko, tenho 7 anos. Eu não enxergo com um dos olhos, mas continuo sendo um gato.st11
Meu nome é Cmyk, tenho 5 anos. Eu sou surdo, mas continuo sendo um gato.st12
Meu nome é Kiara, tenho 9 anos. Eu tenho Felv (Leucemia), mas continuo sendo um gato.st13
Meu nome é Keiko, tenho 2 anos e meio. Eu não tenho uma perna, mas continuo sendo um gato.st14
Meu nome é Shia, tenho 9 meses. Eu não tenho rabo, mas continuo sendo um gato.st15
Meu nome é Rapidka, tenho 2 anos. Eu não tenho um olho, mas continuo sendo um gato.st16
Meu nome é Kacper, tenho 2 anos e meio. Eu sou surdo, mas continuo sendo um gato.st17

Fotos: Monika Malek

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Ernani

    Todos são lindos