Jogos Olímpicos? Cristo Redentor? Bondinho do Pão de Açúcar? Calçadão de Copacabana? Santa Teresa? Que nada, a maior atração do Rio de Janeiro é o Chiquinho! O gatinho foi adotado pelo dono motoqueiro, Alexandre Goulart, quando era um filhote de apenas 2 meses. Se você mora aqui, provavelmente já se deparou com ele e seu dono se aventurando de moto. Se ainda não teve a oportunidade, dá só uma olhada:

 

O mais curioso é que Chiquinho não parece incomodado com a velocidade. Pelo contrário, deve estar adorando o vento no focinho. Ele já é um senhor de 65 anos humanos (12 anos felinos) e está um pouco barrigudinho, então será que podemos chamar o hobby de crise de meia-idade? Uns o chamam de Garfield brasileiro, mas a verdade é que nem o Garfield é tão maneiro!

Chiquinho ganhando cafuné de seu dono. Fonte: Getty Images
Chiquinho e seu dono. Fonte: Getty Images

Brincadeiras à parte, vale lembrar que Chiquinho já está bastante acostumado a andar de moto com seu dono. Por isso, NÃO TENTE FAZER ISSO EM CASA! A não ser que você seja um motoqueiro viajante que decidiu resgatar um gatinho com queimaduras pelo corpo encontrado em um posto de gasolina. Aí tá liberado. =D

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...
  • Patrícia Rondinelli

    Meio perigoso, ele podia levar a mãe dele pq se caísse não se perdia nada.

  • Lisete

    Amei, gatinho esperto, mais creio que esse vento, pode prejudicar os ouvidos do gatinho, provocando dor de ouvido…

    • Tania

      sim…pensei nisso tb…uma terrível dor de ouvido…as orelhas deles são pra frente e não tem como eles abaixarem…e evitar o vento…espero que esse dono dele tenha feito uma touca para as orelhas dele…