Gatos são muito sensíveis ao calor. Você já deve ter notado em algum momento seu gato respirando com a língua pra fora em um momento muito quente.

1. Se o seu gato tem acesso à rua – nós sempre aconselhamos que ele não tenha – não deixe que ele saia nas horas mais quentes do dia.

sol

2. Quando ligar o ar-condicionado, convide o seu gato a ficar no mesmo ambiente nem que seja um pouco – é possível que ele fique com frio depois de um tempo, mas já dá pra aliviar.

ar-condicionado

3. Deixe um circulador ou ventilador ligado no ambiente do gato, eles gastam menos energia e podem ficar ligados o dia todo.

4. Troque a água várias vezes por dia. Se não tiver tempos de fazer isso, você pode comprar uma fonte de água corrente pra ele. Tem alguns modelos na lojinha!

agua

5. Coloque cubos de gelo no pote de água para manter a água sempre fresquinha.

6. Permita que ele fique nas janelas e varandas (sempre com telas, não esqueça!). Se o sol estiver batendo direto, ele vai acabar se afastando, então deixe que ele mesmo escolha onde quer ficar.

7. Procure não agitar muito o seu gato nos dias muito quentes. Brincadeiras aceleram o metabolismo o que pode levá-los a hiperventilar e ficar com falta de ar.

8. Se o seu gato tem acesso ao quintal de casa, certifique-se de que existem sombras para que ele possa descansar como uma árvore ou até mesmo um guarda-sol.

Cat with it´s own Beach Umbrella

9. Toalhas úmidas e lenços umedecidos são uma boa ideia para refrescar. Experimente, ele vai curtir!

10. No verão, os gatos costumam soltar muito pêlo, então é aconselhável escová-los com maior frequência – 3x por semana ou até mesmo todos os dias caso seu gato tenha muito volume de pêlo.

11. Desde que ele não pegue sol direto, a tosa pode ser recomendada em casos extremos, quando seu gato têm muito, muito pêlo como as raça Persa.

12. Coloque em pontos estratégicos da casa toalhas úmidas ou toalhas secas com bolsas de gelo embaixo. Esse vai se tornar o cantinho do frescor!

13. Banhos também são bem-vindos!

banho

14. Procure imediatamente o veterinário se seu gato apresentar sinais de hipertermia como: letargia, respiração acelerada, fraqueza ou tremores.

 

Lembre-se: eles sentem tanto calor – ou até mais calor – que os humanos!

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...