Assim como nós, os gatos têm dois olhos. Mas a forma como eles vêem o mundo não é exatamente igual a nossa.

CAMPO DE VISÃO

O campo de visão de um gato é de 200°, maior que o nosso, que é de 180°.

O que significa que eles conseguem enxergar coisas que estejam mais próximas a ele, com sua visão periférica.
Essa é uma grande vantagem para caçadores observando suas presas, e até mesmo para ajudá-los a perceberem predadores que possam os estar observando.

Gatos têm visão binocular, o que dá a eles uma percepção de profundidade maior, e que ajuda na caça.
Bichanos com apenas um olho não têm a mesma visão binocular, e precisam aprender a compensar.
Eles não pulam em um objeto desconhecido, por exemplo, porque não podem medir a distancia com os olhos. Também existe a dificuldade de acompanhar objetos quando jogados no ar, o que de certa forma é compensado com a facilidade que desenvolvem de identificar a direção do barulho, quando o objeto cai no chão.

ENXERGANDO CORES

Enquanto os humanos possuem três tipos de células fotorreceptoras na retina, que podem diferenciar muitas cores, e captam  azul, vermelho e verde, os cães e gatos possuem apenas duas delas (azul e amarelo, ou azul e vermelho), diminuindo a variedade de cores que conseguem enxergar.

Por este motivo, possuem visão dicromática. O verde, por exemplo, não conseguem enxergar. Ao invés dele, veem tons de cinza ou preto. Também não distinguem o verde do vermelho.

Além disso, veem as cores de forma mais desbotada do que as que vemos, coisa que não os prejudica em nenhum momento, pois possuem outros aspectos mais importantes na visão.

VISÃO NOTURNA

O que se destaca positivamente é a visão noturna, pois enxergam em diversos tons de cinza, identificando com mais facilidade uma pessoa ou um objeto no escuro.

Essa visão apurada existe devido à presença de uma região especializada na retina chamada de “zona tapetal” (Tapetum lucidum), cujo funcionamento é semelhante a um espelho, oferecendo uma oportunidade a mais de enxergar objetos quando não há luz suficiente. Essa área é a explicação do porquê os olhos dos gatos brilham no escuro.

Outro motivo para uma boa visão em condições de baixa luminosidade é a presença de uma grande quantidade de células chamadas de “bastonetes”, responsáveis pela visão na penumbra e detecção de movimento.

O artista Nickolay Lamm criou uma série de imagens que buscam comparar um olho humano (foto do alto) como o jeito que um gato enxerga (foto de baixo). Para o trabalho, ele contou com o apoio de médicos veterinários e oftalmologistas. Segundo a pesquisa deles, a maioria dos gatos não vê as cores vermelho e verde e são mais sensíveis a azul e a amarelo. As fotos foram divulgadas no site da “Wired”

Captura de Tela 2015-11-05 às 13.50.19 Captura de Tela 2015-11-05 às 13.50.42 Captura de Tela 2015-11-05 às 13.50.52 Captura de Tela 2015-11-05 às 13.51.20

 

Avalie essa notícia:

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Loading...